Entenda como funciona a receita digital e seus benefícios

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

As principais vantagens de utilizar a Receita Digital

Você ainda está na dúvida se deve ou não começar a utilizar a receita digital? Ela pode te ajudar a reduzir custos e melhorar processos no seu consultório.

Certamente em tempos de pandemia, você como profissional da saúde já pesquisou a respeito do assunto. Então viemos esclarecer alguns pontos do funcionamento e vantagens de utilizar este tipo de prescrição.

Também conhecida como “prescrição eletrônica”, as receitas digitais são basicamente receitas de medicamentos que você passa para o seu paciente de forma completamente online, o que pode ser uma vantagem até para quem trabalha com a telemedicina

Como funciona? 

Para começar a utilizar a receita digital, você precisa de uma assinatura digital certificada no padrão ICP-Brasil (Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira), no formato A3, cartão ou token. Existem diversas empresas que realizam esta certificação e normalmente o processo leva em média 30 minutos. 🙂

Assim que você obter a sua assinatura digital, o processo para a elaboração de receitas, laudos e atestados continua o mesmo – é só preencher todos os formulários e assiná-los digitalmente. Depois é só encaminhar a prescrição para o paciente via e-mail, WhatsApp, SMS e outras plataformas.

Saiba como ter o seu CRM Digital na página do Conselho Federal de Medicina.

O melhor de tudo é que quase todas as farmácias do Brasil já estão aceitando este tipo de prescrição digital. A aderência por este novo método está cada vez maior entre os profissionais da saúde. 

AS PRINCIPAIS VANTAGENS

  • Envio por plataformas online: você poderá enviar as receitas, laudos ou atestados por plataformas online de qualquer lugar, a qualquer momento. Isso facilita MUITO para o paciente e este tipo de acessibilidade é ótima em situações de emergência. 
  • Banco de dados atualizado e fácil acesso a informação: todas as prescrições ficam salvas em um armazenamento na nuvem e caso você tiver algum software de gestão médica, você pode automatizar processos e o acesso a estes documentos só poderá ser realizado por pessoas autorizadas. 
  • Mais proteção para você: a principal vantagem é que pode reduzir erros e mantém um registro de todas as ações realizadas pelo profissional da saúde. Ou seja, legalmente, isso é ótimo para que você comprove quais medicamentos foram receitados e quando isso ocorreu. 
  • Ter a famosa letra de médico não é mais um problema: fica tudo super legível, fazendo com que pacientes e farmacêuticos consigam ler tudo sem nenhum problema. 

Ou seja, a receita digital é segura? 

SIM! Elas podem trazer ainda mais segurança tanto para o profissional quanto para o paciente por estruturarem melhor a informação durante o processo e por serem mais legíveis. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) reconhece as receitas digitais, desde que sejam seguidas todas as recomendações da Resolução CFM N°1.821/2007. 

E aí, tá esperando o que para começar a usar? É mais uma forma de facilitar os processos do seu consultório e a vida do paciente. 🙂

Aproveite e leia também os artigos: 

Pacientes Digitais: confira as principais dicas de como atraí-los

O atendimento nutricional online

Share.

About Author

Deixe sua opinião :)

%d blogueiros gostam disto: